Países que enfrentaram manifestações violentas nos últimos anos aprovaram leis para restringir a ação de grupos violentos. O Canadá aprovou uma lei que prevê pena severa contra manifestantes mascarados, com possibilidade de dez anos de prisão. Já na Alemanha, onde também existe a proibição do uso de máscaras em protestos, a polícia de Hamburgo criou “zonas de perigo”. Nelas, pessoas poderiam ser paradas e revistadas a qualquer momento, sem justificativa. Outro país com projetos de lei para aumentar o rigor sobre manifestantes é a Espanha. O Ministério do Interior tenta aprovar uma polêmica lei que pode fazer com que multas relacionadas a distúrbios cheguem a € 600 mil (R$ 1,9 milhão). As informaçõe são do jornal Folha de S.Paulo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *